O tempo não para - Giro Central

O tempo não para

marcos holanda casagrande 02/01/2019 00:00:00 Noticias
4ZsATLpT4sgR
.




A passagem de "velho ano" para "ano novo" é apenas uma simbologia. Na verdade, o tempo não para. A vida nossa continua. Esta realidade é igual a função do nosso coração. Se parar de bater, pode, inclusive, levar à morte. Ocorre que quase ninguém dá um tempo para escutar as batidas do coração. Achamos que é uma obrigação desse órgão tão importante para nos manter vivos. O coração não "comemora" fim de ano e ano novo. Ele bate sem a gente pedir e não damos importância para ele. Só quando passamos mal nos deparamos o grande bem que ele faz para nós. Ano novo, que no nosso calendário começou ontem, não significa nada para quem pensa que o tempo é uma caminhada que não sabemos onde vamos chegar. O importante é aproveitar a vida para tornar os nossos dias como algo vitorioso, ou seja, agradecer a Jesus Cristo por viver mais 24 horas. Muitas pessoas acham que vão viver dezenas de anos e no outro dia seguinte sofre um acidente vindo a óbito prematuramente. Os mais desavisados alegam "foi Deus que quis". Ele nunca vai desejar a nossa morte porque o mais importante para o Filho é que "vivamos e tenhamos vida plena". O tempo nosso é medido pelo que somos capazes de fazer algo diferente todos os dias, sem monotomia, ajudar ao mais próximo e ser útil na sociedade em que vivemos. Quando agimos assim, a vida nossa tem sentido e aos poucos vamos entendendo o chamado de Deus: ser fiel, ser testemunho e ser capaz de perdoar e pedir perdão a todo momento quando desejamos o mal ao nosso inimigo, aquele que está próximo de nós. Vamos assim construindo o tempo sem se preocupar com o amanhã. Quem planeja a vida pensando no futuro está perdendo tempo porque não conseguimos lembrar nem 20% do que fizemos no passado. O tempo no futuro é projetado pelas nossas ações porque as pessoas são por aquilo que fazem e não por aquilo que pensam.  O melhor mesmo é se antenar nas palavras sábias de Zeca Pagodinho: deixa a vida nos levar. O tempo é viver intensamente o dia como se fosse o último de nossas vidas. Não perca tempo destruindo amizade e seja o mais próximo de sua família, filhos, esposa, esposo, tio, tia, sogro, sogra... Você viverá feliz construindo o tempo que precisa para alcançar o melhor tempo que precisamos: o tempo celestial junto a Deus, Filho e Espírito Santo. A Trindade eterna, que é o tempo infinito que passaremos juntos na vida perpetuamente de bondade, de amor e de fraternidade.




Jornalista Ronan Almeida de Araújo é registrado profissionalmente na Delegacia Regional do Ministério do Trabalho no Estado de Rondônia sob 431/98

Postagens Semelhantes

Coluna Empresarial

não tem banner