Papa Francisco faz nomeações episcopais para o Brasil - Giro Central

Papa Francisco faz nomeações episcopais para o Brasil

marcos holanda casagrande 11/07/2019 00:00:00 Noticias
ayL3S07E693C
.




Vaticano, 10 Jul. 19 / 10:00 am (ACI).- O Papa Francisco aceitou o pedido de renúncia por limite de idade de Dom Bernardino Marchió ao governo pastoral da Diocese de Caruaru (PE) e nomeou como seu sucessor Dom José Ruy Gonçalves Lopes; o Pontífice também nomeou como novo Bispo de Catanduva (SP) Dom Valdir Mamede.

O agora Bispo Emérito de Caruaru, Dom Bernardino Marchió, é italiano, naturalizado brasileiro. Em 6 de setembro de 2018, completou 75 anos e, seguindo o Código de Direito Canônico, solicitou a sua renúncia ao cargo.

Foi Bispo coadjutor de Pesqueira (PE), de 1991 a 1993, e assumiu como titular desta Diocese de 1993 a 2002. Desde 2003, servia como Bispo da Diocese de Caruaru.

O novo bispo diocesano, Dom José Ruy Gonçalves Lopes, nasceu em 6 de agosto de 1967, em Feira de Santana (BA). Ingressou na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos em fevereiro de 1985 e emitiu os votos religiosos em 10 de janeiro de 1988. Foi ordenado sacerdote em 5 de dezembro de 1993.

Completou seus estudos filosóficos e teológicos na Pontifícia Universidade Católica de São Salvador da Bahia. Em seguida, fez um curso de especialização em Teologia na Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, da Arquidiocese de São Paulo.

Em sua Ordem, serviu como formador do noviciado, ecônomo, definidor provincial, ministro provincial, vice-presidente da conferência capuchinha do Brasil, membro da equipe de formação inicial da ordem.

Na Arquidiocese de Salvador, foi vigário paroquial, administrador paroquial e reitor de capelania, capelão do leprosário, membro do conselho presbiteral e professor de teologia moral. F

Em 4 de julho de 2012, foi eleito Bispo de Jequié (BA) e recebeu a ordenação episcopal em 7 de setembro do mesmo ano.

Já o novo Bispo de Catanduva, Dom Valdir Mamede, nasceu em 21 de julho de 1961, em Silvianópolis (MG). Estudou Filosofia na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e Teologia no Studium Theologicum de Curitiba. Obteve também o Doutorado em Direito Canônico pela Pontifícia Universidade Lateranense.

Foi ordenado sacerdote a 21 de maio de 1988 e, durante seu ministério sacerdotal, serviu como vigário paroquial e pároco no Rio de Janeiro, vigário judicial e pároco em Brasília. Também foi professor de Direito Canônico no Seminário Arquidiocesano de Brasília.

Em 6 de fevereiro de 2013, foi eleito Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Brasília e recebeu a ordenação episcopal em 16 de março do mesmo ano.


Jornalista Ronan Almeida de Araújo (DRT/RO 431/98)

Postagens Semelhantes

Coluna Empresarial

não tem banner