Carlos Bolsonaro no clube de tiro com Adélio quebra o Twitter - Giro Central

Carlos Bolsonaro no clube de tiro com Adélio quebra o Twitter

marcos holanda casagrande 14/05/2019 00:00:00 Politica
ACAfAeR1vlqI
.




O Twitter ressuscitou nesta terça (14) Adélio Bispo, preso em um presídio federal de Mato Grosso do Sul, após esfaquear o então candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) em setembro de 2018.

Pois bem, hoje as redes sociais voltaram à carga com a história de que o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), o Carluxo, participou do mesmo clube de tiro que Adélio — antes do atentado.

Para quem acredita na teoria da conspiração, portanto, um prato cheio.

A Revista Fórum dá azo à imaginação ao criar um mapa mental dos dias que antecederam ao ataque a Bolsonaro em Juiz de Fora (MG).

“Adélio Bispo, que era de Montes Claros (MG), foi misteriosamente para São José (SC) e esteve em um clube de tiro no dia 5 de julho, dois dias antes de Carlos Bolsonaro, que passou um final de semana todo confinado no local”, desenha o portal.

Mais à frente, Fórum mostra o que seria o nexo causal entre Adélio e Carluxo — o filho do presidente da República.

“Até 2017, Adélio vivia em Montes Claros (MG). Em 2018, coincidentemente um ano eleitoral, Adélio começou a viajar pelo país e, em 5 de julho, chegou em São José (SC), Região Metropolitana de Florianópolis, e fez uma hora de tiro esportivo no clube .38. Dois dias depois Carlos Bolsonaro desembarcou na mesma cidade e passou um final de semana inteiro confinado no mesmo clube de tiro, conforme postado pelo próprio vereador em seu Instagram.”

Jornalista Ronan Almeida de Araújo (DRT/RO 431/98)

Postagens Semelhantes

Coluna Empresarial

não tem banner